Carrapato Bovino: é importante conhecer para controlar.

carrapatoO Carrapato dos Bovinos é classificado como artrópodes, o mesmo grupo das aranhas e dos escorpiões. Este parasita também chamado de Carrapato-do-Boi, possui o nome cientifico Boophilus microplus, onde Boophilus significa “amigo do boi”, chamado assim, por ser constantemente encontrado sobre os bovinos, parasitando-os.

Este parasita possui apenas um hospedeiro em seu ciclo de vida que no caso é o bovino, podendo, porém, ser visto, com menos frequência, em outros animais como búfalos, ovinos e caprinos.

Sabe-se que os Carrapatos se alimentam de sangue (tanto as fêmeas quanto os machos), sendo chamados de hematófagos. Por isto, picam seu hospedeiro, no caso o bovino, para se alimentarem, causando irritação e estresse nos animais. Além disso, suas picadas danificam o couro, pois favorecem a penetração de larvas de moscas, causadoras das bicheiras e do berne.

Neste contexto, é importante conhecer o ciclo de vida do Carrapato, para poder controlar este parasita que causa tanto danos a produção de gado. Assim sendo, iremos descrever de maneira simples seu ciclo de vida que é dividido em duas fases: vida parasitária e vida livre.

 Fêmea do Carrapato ingurgitada

A fase parasitária dura cerca de 23 dias e se inicia quando a larva do Carrapato se fixa no bovino para se alimentar e se desenvolver em ninfa e depois em adultos (carrapatos machos e fêmeas), que se acasalam sobre o bovino. Após o acasalamento, o carrapato fêmea ingere grande volume de sangue, aumentando o seu peso em até 200 (duzentas) vezes, sendo conhecida como fêmea ingurgitada (teleógina, também chamada de “mamona” ou “jabuticaba).

Com este peso, a teleógina se desprende do bovino e cai no pasto, iniciando a fase de vida livre, onde busca um local adequado para a formação dos ovos (com sombra e umidade). A fase de vida livre é influenciada pela temperatura e umidade do ambiente. Se as condições são favoráveis (temperatura acima de 15ºC), a fêmea inicia a ovopostura após 15 dias no pasto, porém o período de eclosão dos ovos pode variar de 2 meses no verão (dias quentes e úmidos), até 4 meses no inverno (dias frios e secos), pois os ovos eclodem somente quando as condições são satisfatórias, podendo atravessar períodos desfavoráveis, como invernos frios ou períodos de estiagem.

Carrapato Bovino na pastagem – fase de vida livre

Cada fêmea produz de 2.000 a 3.000 ovos, que ao eclodirem se desenvolvem em larvas (micuins) e que após três dias, com o endurecimento da carapaça, sobem nos talos das pastagens, e em grupos, esperam passar o hospedeiro, que em geral é o bovino para se fixar dando início a “fase parasitária ” do ciclo de vida do carrapato. Assim, ao se fixar no bovino, as larvas iniciam o ciclo parasitário e cerca de 23 dias depois, pode-se encontrar fêmeas fecundadas e ingurgitadas (teleógina), que se desprendem do hospedeiro dando início a uma nova geração de Carrapatos.

Assim, os Carrapatos dos Bovinos podem fazer de 3 a 4 gerações ao ano; o que torna extremamente importante o seu controle adequado. Para saber como Controlar o Carrapato Bovino de forma segura e eficaz, entre em CONTATO com nossos especialista.

 Fontes: 1) Furlong, J, et al. Carrapato: problemas e soluções. Embrapa Gado de Leite, Juiz de Fora, MG; 2005; 2) http://old.cnpgc.embrapa.br/publicacoes/tese/carrapato/02revisao.html; 3) Imagem Carrapato em postura – www.fepagro.rs.gov.br/buscainterna/?/71; 4) Imagem Fêmea de Carrapato Bovino ingurgitada: icb.usp.br

Direitos reservados: Texto de uso exclusivo da Expressão Animal, sendo permitida sua cópia e/ou réplica somente citando o site (link deste texto) como fonte.

admin

Deixe seu Comentário