Mamite ou Mastite Bovina: Controle e Tratamento

Mamite - MastiteMAMITE BOVINA, também conhecida como MASTITEé a principal doença que afeta rebanhos leiteiros no mundo inteiro, causando prejuízos econômicos. Conforme sua forma de manifestação, esta enfermidade pode ser dividida em dois grupos: 1) Forma Clínica: apresenta edema, inflamação, endurecimento e dor da glândula mamária, podendo ou não formar pus e alterações no leite; 2) Forma subclínica: causa alterações na composição do leite, como aumento da Contagem de Células Somáticas (CCS).

Existem diversos testes, para detectar MAMITE ou MASTITE BOVINA como: CCS, exame físico do úbere, aparência do leite, Califórnia Mastite teste e cultura bacteriana. É importante lembrar que a MASTITE ou MAMITE de qualquer forma ou intensidade reduz a produção leiteira e diminui a qualidade do leite que é produzido.

Sendo assim; torna-se importante um programa de Prevenção e Controle da MASTITE (MAMITE) BOVINA, que inclui: correto manejo na ordenha; higienização de equipamentos e úbere do animal; boa nutrição; além de produtos que atuam nestes tipos de infecção, como no caso, da HOMEOPATIA VETERINÁRIA que possui medicamentos específicos para o Tratamento, Controle e Prevenção de MAMITE ou MASTITE Bovina, como no caso do uso do MAMITE H.

Uso de HOMEOPATIA para tratar e prevenir MAMITE (MASTITE) Bovina tem-se tornado comum. Para saber mais entre em Contato com Equipe Técnica.

Fonte: 1) Mitidiero, A. M. de A., et al. Potencial do uso de Homeopatia, bioterápicos e fitoterapia como opção na bovinocultura leiteira. 2002. 2) Tozetti, D. S., et al. Prevenção, controle e tratamento das Mastites Bovinas. Revisão. Rev. Cien. Elet. de Med. Vet., v. 6, n. 10, 2008.

Direitos reservados: Texto de uso exclusivo da Expressão Animal, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem prévia autorização do portal e do(s) autor(es) do artigo.