Mosca do Chifre e sazonalidade: a Importância do Controle Anual

MOSCA DO CHIFREA intensidade de Infestação da Mosca do Chifre é sazonal, sendo alta nos meses chuvosos e quentes (primavera e verão) e baixa na época de seca e temperaturas mais amenas (de maio a setembro, em geral). A Infestação da Mosca do Chifre diminui no “inverno” devido a diapausa nas pupas (pupas “dormentes”), que se desenvolvem em Moscas adultas, somente em condições favoráveis, como chuva e calor.

Uma das dificuldades de Controlar a Mosca é pelo fato de que nos períodos de baixa infestação, pecuaristas reduzem o tratamento com banhos inseticidas, permitindo assim, que o número de diapausa seja alto e assim, apresente alta Infestação em dias de chuva e calor . Por isto é importante Controlar a Mosca do Chifre o ano todo, evitando-se assim que ocorra Infestações de Mosca do Chifre de forma descontrolada gerando dificuldade no seu Controle e prejuízos na pecuária.

Neste contexto, o uso de produtos homeopáticos, pode ser uma alternativa eficaz no Controle anual de Mosca dos Chifres, como Parasito H, um medicamento com respostas eficaz e satisfatórias, de fácil aplicação, sem a necessidade de banhos, devendo ser misturado diretamente no cocho. Um controle fácil e econômico, que reduz gastos com inseticidas, devido a diminuição ou ausência da necessidade de banhos, sem manejo e sem estresse.

Para saber mais, entre em Contato com Equipe Técnica da Expressão Animal.

Fonte: 1) Brito, L. G.; et al Mosca dos chifres: aspectos bio-ecológicos, importância econômica, interações parasito-hospedeiro e controle. Comunicado Técnico, Set/2005. Porto Velho, RO; 2) Bianchin, I.; et al. Sazonalidade de Haematobia irritans no Brasil Central. Pesquisa Veterinária Brasileira, v. 26, n. 2, p. 79-86, 2006.

Direitos reservados: Artigo de uso exclusivo da Expressão Animal, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem prévia autorização do portal e autor(es) do artigo.