Homeopatia e Pecuária

Carrapato Bovino: Como Controlar?

Carrapato Bovino, em especial o Boophilus microplus, gera desconforto aos animais, devido suas picadas (para sugar sangue), causando estresse e gastos com medicamentos e mão-de-obra para seu controle.

Este Parasita Bovino se desenvolve em duas fases de vida: a chamada fase de vida livre (na pastagem) e a fase de vida parasitária (no bovino). Desta forma, podemos dizer que a população de Carrapatos em um rebanho está presente em cerca de 95% na pastagem, e apenas 5% parasitando os animais. Com isto, a aplicação de produtos Carrapaticidas para “exterminar” o Carrapato Bovino, torna-se ineficaz; por atingir somente 5% destes parasitas.

Além disso, a utilização de Carrapaticidas, com o objetivo de Controlar o Carrapato Bovino, quando realizada de forma incorreta, com frequência e dosagem inadequada do carrapaticida, podem causar Resistência dos Carrapatos ao produto químico utilizado, tornando-o ineficaz no Controle desses Parasitas.

Neste caso, a solução para retardar o aparecimento da Resistência aos Carrapaticidas é o bom senso na frequência de sua utilização, aliando este tipo de produto ao uso integrado com outros produtos, como no caso de medicamentos naturais, que não causam problemas como resistência, como no caso do Parasito H, um medicamento capaz de controlar de forma eficaz, por impedir o desenvolvimento do Carrapato Bovino, agindo tanto na fase de vida livre (na pastagem), quanto na fase de vida parasitária (no bovino).

Por fim, para que o Controle integrado do Carrapato Bovino ser realizado com sucesso, de forma econômica e eficaz, o uso de Carrapaticidas é indicado nas épocas mais quentes do ano, pois em temperaturas mais altas os Carrapatos nascem e morrem mais rápido e consequentemente, o número de parasitas na pastagem e nos Bovinos é menor. Por isso, especialistas indicam a aplicação de banhos Carrapaticidas ou três tratamentos com produto ¨pour on¨ em intervalos específicos; juntamente com o uso de outros produtos, de controle continuo como no caso do já citado Parasito H.

Maiores dúvidas ou informações, favor entrar em Contato com especialistas, que irão lhe auxiliar.

Direitos reservados: Texto de uso exclusivo da Expressão Animal, sendo permitida sua cópia e/ou réplica somente citando o site (link deste texto) como fonte.

Fonte: 1) Azevêdo, D. M. M. R.; et al. Principais ecto e endoparasitas que acometem bovinos leiteiros no Brasil: uma revisão. Revista Brasileira de Higiene e Sanidade Animal, v. 2, n. 1, p. 43-55, 2008; 2) Imagem: iepec.com

Solicite Seu Orçamento Através do WhatsApp

Ou Solicite
Seu Orçamento Através do Formulário

Preencha o formulário que breve retornaremos o contato. Campos obrigatórios*

Localização
Onde Estamos

R. Francisco Henrique, 298 B.
Ribeirão Claro, Guapiaçú - SP
WhatsApp da Expressão Animal