Homeopatia e Pecuária

Mastite em Vaca Leiteira: como Prevenir?

mamite mastitePara os Produtores de Gado Leiteiro, é necessário manter a qualidade do leite “in natura”, condição influenciada por variáveis, como manejo, alimentação, potencial genético dos rebanhos, entre outros. Neste cenário, a Mastite, uma doença que causa inflamação na Glândula Mamária, deve ser evitada por diminuir de forma significativa a qualidade do leite produzido.

Sabe-se que a Mastite altera tanto a composição quanto as características físico-químicas do leite, causando aumento na contagem de células somáticas (CCS), além da queda na Produção de Leite. Esta doença pode ocasionar uma inflamação na Glândula Mamária visível ou não, por isto existe a divisão da Mastite em Clínica ou Subclínica. No caso da Mastite Clínica existem sinais visíveis de inflamação, como edema, aumento de temperatura, endurecimento e dor na glândula mamária, além do aparecimento de grumos, pus ou qualquer alteração das características do leite. Já no caso da Mastite Subclínica, não se observa nenhuma alteração no úbere do animal e do leite, porém existem alterações na composição do leite, tais como aumento na contagem de células somáticas (CCS), entre outras.

Neste contexto, deve-se lembrar que Vacas sadias apresentam contagem de células somáticas que variam de 50.000 a 200.000 células/mL de leite, um parâmetro que justifica às recomendações da Instrução Normativa 51/2002 do Ministério da Agricultura e Pecuária, que preconiza diminuição da CCS. Portanto é necessário Controlar e Prevenir Mastite, tanto Clínica quanto da Subclínica. 

MAMITE EM VACACom isto, muitos produtores de Leite tem recorrido ao uso de medicamentos, como o Mamite H, que por ser um medicamento natural pode ser utilizado de forma continua,, sem risco e causar resistência e sem a presença de resíduos tóxicos no leite. Um medicamento aprovado pelo Ministério da Agricultura e Pecuária.

Mais informações, entre em Contanto com Equipe Técnica.

Direitos reservados: Artigo de uso exclusivo da Expressão Animal, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem prévia autorização do portal e autor(es) do artigo.

Fonte: Garcia, A. C. F. Z. Avaliações das características físico-químicas e da contagem de células somáticas do leite em vacas suplementadas com fator M&P® e zinco orgânico. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, 2012.

Solicite Seu Orçamento Através do WhatsApp

Ou Solicite
Seu Orçamento Através do Formulário

Preencha o formulário que breve retornaremos o contato. Campos obrigatórios*

Localização
Onde Estamos

R. Francisco Henrique, 298 B.
Ribeirão Claro, Guapiaçú - SP
WhatsApp da Expressão Animal