Homeopatia e Pecuária

Planta Tóxica Corana, Coerana ou Dama da Noite e sua importância na Intoxicação Bovina

Cestrum laevigatumMuitas Plantas Tóxicas, também chamadas de Ervas Tóxicas são responsáveis por Intoxicação Bovina, como no caso da Cestrum laevigatum, uma das Plantas Tóxicas de maior importância no Brasil. Esta Planta, conhecida popularmente como “Coerana”, “Dama da Noite”, “Corana”, entre outros; em caso de Ingestão Bovina gera lesões hepáticas (causando hepatotoxidade), sendo considerada uma das Plantas mais Tóxicas para os animais de interesse zootécnico no Nordeste brasileiro (litorais da Bahia, de Sergipe, Alagoas e Pernambuco), sendo também encontrada em outras regiões como Sudeste e Centro-Oeste (sul de Goiás e Mato Grosso do Sul).

PLANTA TÓXICAA “Dama da Noite” não apresenta sabor agradável, ou seja, não possui boa palatabilidade e sua ingestão ocorre geralmente nos períodos de seca, onde há escassez de forragens (fome), quando essa planta se destaca na vegetação por apresentar-se verde e com abundante massa folhear. Neste contexto, após ser ingerida por Bovinos, em especial as folhas, estes animais apresentam sinais clínicos entre 15 a 24 horas após a ingestão da Planta. Os sintomas variam desde apatia, anorexia, parada ou atonia do rúmen, constipação e fezes ressecadas, untadas por muco e, às vezes, com sangue. Também se observa, em alguns casos, tremores musculares e sintomas nervosos como cambaleios, excitação e agressividade, evoluindo para o decúbito e a morte entre 6 até 48 horas após as primeiras manifestações clínicas.

Sabendo da importância da Intoxicação Bovina por Cestrum laevigatum, em diversas regiões do país, e que esta é responsável por prejuízos econômicos, com alto Índice de Mortalidade Bovina, medidas preventivas devem ser adotadas como no caso de limpeza de “Pastos Sujos” e o uso de medicamentos que atuam na Prevenção destes tipos de Intoxicações como no caso do medicamento A Toxi H que atua contra as Intoxicações em geral, Prevenindo os quadros tóxicos, e auxiliando no seu tratamento, como nos quadros de Requeima (fotossensibilização), Hepatotoxidade, entre outros.

Mais informações Entre em Contato com Equipe Técnica.

Direitos reservados: Artigo de uso exclusivo da Expressão Animal, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem prévia autorização do portal e autor(es) do artigo.

Fontes: 1) Coutinho, L., T.; et al. Intoxicação natural de bovinos leiteiros por Cestrum laevigatum (Solanaceae) no Agreste de Pernambuco – Brasil. Ciênc. anim. bras., Goiânia, v.14, n.3, p. 352-359, jul./set. 2013; 2) Imagens: ufrgs.br (fotógrafo Daniel Grasel).

Solicite Seu Orçamento Através do WhatsApp

Ou Solicite
Seu Orçamento Através do Formulário

Preencha o formulário que breve retornaremos o contato. Campos obrigatórios*

Localização
Onde Estamos

R. Francisco Henrique, 298 B.
Ribeirão Claro, Guapiaçú - SP
WhatsApp da Expressão Animal